Dia do Consumidor, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Black Friday, Natal…são muitas as datas comemorativas que acontecem durante o ano. E em todas elas há um nicho de consumidores ávidos por novidades, flutuando pelos mais diversos estágios da jornada de compra. O problema é que nem sempre o varejo está suficientemente atento a esses importantes pontos de contato com os públicos-alvo para impactá-los de maneira inteligente, estratégica e efetiva.

A grande maioria das marcas só considera no planejamento as chamadas big dates, datas marcantes – como o Natal e a Black Friday – que representam um bom aumento nas vendas. O que essas empresas não percebem é que existem muitos outros eventos durante o ano que podem ser utilizados para conquistar novos clientes, fidelizar consumidores recorrentes, ampliando as chances de conversões e vendas.

Qualquer companhia com um bom planejamento de marketing pode, inclusive, criar sua própria big date se apropriando de celebrações menores que conversem diretamente com o público e que tenham afinidade com as missões, valores e objetivos da marca. Separamos algumas dicas para você organizar seu planejamento e usar todo o poder do calendário. Confira!

1)  Construa um mapa de datas

Tudo começa na pesquisa. Antes de colocar a mão na massa você precisa descobrir e entender quais são as datas comemorativas do ano. Lembre-se que não estamos falando só de grandes eventos. O fim de uma série ou novela, mudanças de estação, jogos decisivos, o começo das aulas ou outros momentos únicos podem ser importantes para o seu negócio. Identifique as ocasiões que mais se alinham com a sua marca e faça um grande mapa de atuação.

2)  Seja data driven: analise o seu consumidor

Dados são hoje o ativo mais importante de qualquer organização. A relevância dessas informações é tamanha que, de acordo com a consultoria Gartner, a massa de dados de um negócio vai começar a fazer parte do balanço das empresas a partir de 2021. Outro levantamento realizado pelo BCG comprovou que companhias mais maduras na transformação data-driven estão vendo até 30% mais de eficiência e 20% de aumento em receita. É se baseando no comportamento dos seus consumidores que você vai conseguir observar os diversos picos de venda durante o ano. Assim, consegue cruzar os dados e analisar se esse crescimento está diretamente ligado a algum acontecimento ou data especial.

3)  Fuja do óbvio e aproprie-se de algumas datas especiais

É claro que você não pode deixar de lado o planejamento das big dates universais, como o Dia das Mães e o Dia dos Namorados. E nem rasgar as estratégias para datas que vêm ganhando mais e mais força a cada ano como o Dia do Consumidor. Mas a ideia aqui é que você possa descobrir outras comemorações que tenham a ver com a sua marca e seu público, se apropriando desse dia. Um olhar atento ao calendário pode revelar oportunidades de realizar ofertas em momentos que sejam relevantes para o consumidor. Aqui na NewBlue percebemos no planejamento que um de nossos clientes tinha picos de venda bem perto do Dia do Orgulho Nerd. Os produtos ofertados pela marca e o público-alvo também estavam bastante alinhados com a data. Identificada a oportunidade, propusemos uma campanha específica para a ocasião e bingo! Aumentamos o número de visitas no e-commerce da empresa e também a conversão em vendas.

 

4)  Foque na mensagem

Ok, você já conhece seu público, compreendeu o momento dele, escolheu uma data que tem a cara dos seus consumidores e a da sua marca. Agora chegou a hora de colocar a criatividade na mesa e criar peças que possam impactar seu público. A chave para uma campanha de sucesso está em agregar valor a sua audiência no momento certo. Para isso defina objetivos específicos – quero ampliar as vendas ou ganhar reconhecimento de marca? – e trabalhe bem a mensagem que será entregue aos usuários. Aposte em calls to action para as pessoas se engajarem com a sua empresa; otimize seu site para buscas, acrescentando palavras-chave que tenham a ver com aquela data em questão; e, claro, não esqueça que as pessoas pesquisam produtos e ofertas bem antes da data especial. Então, planeje suas campanhas com antecedência.

5)  Mantenha a roda girando

Seu planejamento funcionou, a estratégia deu certo e as campanhas foram um sucesso. Após o término da ação com a data especial, aproveite para continuar seu relacionamento com os clientes. A jornada de compra dos consumidores mudou muito nos últimos anos. O funil saiu de cena para dar lugar a um comportamento nada linear do público. A relação com o público não acontece mais em um único momento de impacto. Ela é muito mais longa e duradoura. Aposte em uma comunicação contínua e personalizada, com a entrega de mensagens-chave em diferentes momentos, que possam impactar e engajar aquele usuário. Isso significa mais conversões para o seu negócio e, claro, mais vendas.

Pronto, com essas dicas em mãos é hora de você iniciar seu trabalho. O ano acabou de começar e ainda existem muitas datas para serem exploradas. Descubra qual mais se encaixa com a sua marca ou produto, trace seu plano de marketing e boas vendas!